Em Sem categoria

Nesta semana, publiquei nas redes sociais a minha indignação com os impostos embutidos nos preços dos medicamentos. A gente sabe que paga muitas taxas, mas, geralmente, não nos damos conta dos percentuais. De acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), em um ranking de 30 países, o Brasil é o 14º que mais arrecada imposto e o último que melhor retorna o dinheiro para a população.

A carga tributária brasileira está entre as mais elevadas do mundo, que corresponde a uma média de 42% do rendimento bruto de cada cidadão. O brasileiro trabalha, em média, cinco meses, só para pagar encargos. No setor de medicamentos, de maio 2018 a abril 2019, o mercado movimentou R$118,5 bilhões, segundo a Close-up. Desse montante, o IBPT calcula que foram arrecadados R$39 bilhões em imposto de medicamento. Os números são gigantes!

Enquanto isso, seguimos pagando quase 34% de taxas só nos remédios. E quem gasta mais com esses produtos que não podemos cortar? Não falo aqui da automedicação. Estou falando de medicamentos para doenças crônicas, por exemplo. Acho que não é novidade pra ninguém que os idosos são os maiores consumidores.

Então, na segunda-feira, dia 27 de maio, estarei na Praça Hugo Werneck, juntamente com várias outras entidades e a população em geral, para protestar contra a enorme carga tributária cobrada nos medicamentos. A ação abre a semana em que é comemorado o Dia Livre de Impostos (DLI) e contará com a participação de representantes da CDL/BH; representantes da Associação de Diabetes Infantil (ADI); representante da Associação dos Funcionários Aposentados do Estado de Minas Gerais (AFAEMG) e outros.

Te encontro lá!

O quê: Manifesto contra impostos nos medicamentos

Onde: praça Hugo Werneck, 450, Santa Efigênia, BH/MG (em frente a Santa Casa e o hospital São Lucas)

Quando: dia 27, segunda-feira, das 11h às 12h

Posts recentes
Showing 6 comments
  • marlene de castro
    Responder

    Que bacana e que bom que você está abraçando essa causa!

    • admin
      Responder

      Valeu e bjs

  • Risia Costa
    Responder

    Importantíssimo esse manifesto. Um absurdo a carga de impostos!

    • admin
      Responder

      absurdo mesmo.

  • Rosana Costa Rajao
    Responder

    Roberta, muito legal e esclarecedor sua matéria sobre os impostos que incidem nos medicamentos.
    Temos que nos manufestar!!!

    • admin
      Responder

      Isso mesmo! bjs

Deixe uma resposta para admin Cancelar resposta

Featured Video Play Icon